Notícias » AUDIÊNCIA PÚBLICA CONTRA A DENGUE FOI SUCESSO

Em 06/04/2018 às 12h42, Fonte:

ABCHAVES / DRJ-PMS / DENGUE

SOSSEGUENSES PRESTIGIAMAUDIÊNCIA PÚBLICA CONTRAO MOSQUITO AEDES AEGYPTICAUSADOR DA DENGUE



A Câmara Municipal ficou pequena para acomodar o grande número de pessoas presentes para ouvir profissionais da medicina falando a respeito da dengue, seus efeitos e meios de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador das doenças dengue, zica, chikungunya e imputadas responsabilidades a da febre amarela o mosquito. A audiência pública teve início na hora prevista. Vanuza da Paz Medeiros, Secretária de Saúde do Município de Sossego,  fez a abertura do evento na Câmara Municipal de Sossego.

“Quero agradecer à todos que se encontram nesse momento prestigiando esse encontro. Agradecer a prefeita Lusineide Oliveira que deu total cobertura par a realização desse evento. Agradecer aos secretários de Educação, Finanças, Ação Social, Administração, Chefia de gabinete. Nosso muito obrigado aos médicos, enfermeiros e funcionários da saúde, agentes sanitários, diretores de escolas, professores e estudantes pelas suas presenças. Espero que desse encontro com a sociedade sosseguense possamos tirar proveitos para acabar com essa doença entre nós”, disse a Secretária de Saúde, Vanuza da Paz Medeiros, na abertura dos trabalhos. 

PREFEITA LUSINEIDE OLIVEIRA

“Primeiramente quero agradecer a Deus por estar com vocês nesse encontro muito importante para a saúde de todos nós. Vocês sabem que a dengue está atormentando a vida de muitos nossos irmãos. É preciso das um basta e, para tanto, a participação da população é de suma importância no combate a esse mosquito que transmite a doença. Nossos palestrantes irão mostrar p que representa esse mosquito e suas consequências, bem como o meio de combatê-lo eficazmente. Tirem bom proveito dos ensinamentos dos profissionais da saúde e pratiquem para que possamos erradicar essa doença em nosso município”, afirmou a prefeita Lusineide Oliveira. 

Dr. KLÊNIO FARIAS

“Quero, inicialmente, agradecer a oportunidade de estar com vocês, explicar algumas coisas sobre a doença dengue e tirar d´dúvidas que, por acaso, venham surgir. Essa doença provocada pela picada do mosquitoAedes aegypti, que também se relaciona com outras doenças como a zica, chikungunya e até falam uma relação com a febre amarela. É mortal. Necessário se faz, além dos cuidados médicos, ter zelo, cuidados em casa evitando oferecer ao mosquito condição para sua procriação oferecendo-lhe meios de  vida. Nós temos é que fazer tudo aquilo que se instrui para o combater ao mosquito Aedes aegypti. Quem, por ventura, tenha alguma dúvida sobre essa doença podo nos procurar no nosso ambiente de trabalho que estarei a inteira disposição. Obrigado”, falou o dr. Klênio Farias, médico clínico geral no Município de Sossego.

DRa. YULEIDE AMBOAGE

Falando a língua portuguesa com boa fluência, a médica cubana Yuleide Amboage, satisfez plenamente nas suas narrações sobre a dengue, suas causas e consequências.  Explicou sobre a gravidade de quem é contaminado pelo mosquito que provoca doenças como dengue, zica e chikungunya. Disse, inclusive, que a participação da população no combate aos locais que podem servir de dormitórios do mosquito é muito importante, como as residências e seus cômodos, os quintais, acúmulos de lixo, recipientes com água parada. Quão essencial a  vigilância e participação da população no combate ao Aedes aegypit”, disse a médica de Sossego, Yuleide Amboage. 

DULCILENE ALVES

Afeita a muitas assistências médicas, na condição de enfermeira profissional, Dulcilene Alves, expôs o seu ponto de vista sobre os efeitos nocivos que provocam o mosquito Aedes aegypti. Pediu, inclusive, a população que cada um seja agente de vigilância quanto as orientações emanadas dos setores de vigilância ambiental pois, só assim, poderá haver em todos a responsabilidade de dar fim ao famigerado mosquito que afeta a população contaminando e assolando lares e regiões com doenças como a dengue, azica, a chikungunya e até a febre amarela, como citam em algumas regiões brasileiras”, disse a enfermeira Dulcilene Alves. 

MAGNO SANTOS

Encerrando a udiência pública na câmara Municipal de Sossego, idealizador do evento da saúde e coordenador dos trabalhos in loco, Mágno Santos, Agente de Vigilância Ambiental falou sobre o apoio da população, em todos os sentidos, nas residências, nas ruas, locais de depósitos de lixos, etc. Para p Agente Ambiental Mágano Sanos está havendo, em parte, colaboração da população residente, embora algumas casas fechadas sejam impossíveis de melhores fiscalizações. E, segundo Mágno, ainda tem gente que não permite o acesso do agente de saúde em sua casa para melhor fiscalização nos banheiros, caixas d`água, cisternas e outros ambientes onde possam se encontrar focos do mosquito Aedes aegypti. Nós pedimos à quem souber de algum foco do mosquito nos avise que tomaremos providência urgente. Seja nosso parceiro na luta contra o mosquito Aedes aegypri”, disse Mágno Santos, encerrando a audiência Pública. 

(texto/Fotos: Adamastor Chaves)

Compartilhe:

Vídeos

Prefeitura Municipal de Sossego - PB

Prefeitura Municipal de Sossego - PB

Rua Horácio Ferreira, nº 167, Centro, Sossego / PB

CEP: 58177-000 - Telefone: (83) 3643-1066 / (83) 3643-1067